La mujer escribe y eso es lo que importa










7 de agosto de 2010

Quem de nos dois






Quem De Nós Dois
(Ana Carolina)
Cual de los dos


Eu e você,
Yo y tu
não é assim tão complicado, não é dificil perceber
no es asi tan complicado, no es dificil percibir
Quem de nós dois
cual de los dos
Vai dizer que é impossível, o amor acontecer
va a decir que es imposible, que suceda el amor
Se eu disser que já nem sinto nada
si yo digo que ya no siento nada,
Que a estrada sem você é mais segura
que la carretera sin ti es mas segura
Eu sei, você vai rir da minha cara
yo se, te vas a reir en mi cara,
Eu já conheço o teu sorriso,
yo ya conozco tu sonrisa
Leio o teu olhar
leo tu mirada
Teu sorriso é só disfarce
tu sonrisa es solo un disfraz
E eu já nem preciso
que yo ya ni preciso

Sinto dizer
Lamento decir,
Que amo mesmo, tá ruim pra disfarçar
que amo en serio, esta dficil esconderlo
Entre nós dois
entre los dos
Não cabe mais nenhum segredo,
no cabe mas ni un secreto,
Além do que já combinamos
a no ser los que ya combinamos

No vão das coisas que a gente disse
entre las cosas que dijimos en vano
Não cabe mais sermos somente amigos
no cabe mas que seamos solamente amigos
E quando eu falo que eu já nem quero
y cuando digo que yo ya ni quiero
A frase fica pelo avesso
la frase queda al reves
Meio na contramão
medio en contramano
E quando finjo que esqueço
y cuando finjo que me olvido
Eu não esqueci nada
yo no me olvide de nada

E cada vez que eu fujo eu me aproximo mais, é é é
y cada vez que huyo me aproximo mas, eee
e te perder de vista assim é ruim demais
y perderte de vista asi, es demasiado dificil
E é por isso que eu atravesso o teu futuro
y es por eso que atravieso tu futuro,
E faço das lembranças um lugar seguro
y hago de los recuerdos um lugar seguro

Não é que eu queira reviver nenhum passado
no es que quiera revivir ningun pasado
E revirar o sentimento, revirado
ni revolver un sentimiento, revuelto
Mas toda vez que eu procuro uma saida
pero cada vez que busco una salida
Acabo entrando sem querer na tua vida
acabo entrando sin querer en tu vida

Eu procurei
yo procure
Qualquer desculpa pra não te encarar
cualquier disculpa para no encararte
Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa
para no decir de nuevo y siempre lo mismo
Falar só por falar
hablar solo por hablar
Que eu já nem tô ai pra essa conversa
que ya no estoy ni ahi para esta conversación
Que a história de nós dois não me interessa
que la historia de los dos no me interesa
Se eu tento esconder meias verdades
si intento esconder medias verdades
Você conhece o meu sorriso
vos conoces mi sonrisa
Lê o meu olhar
lees mi mirada
Meu sorriso é só disfarce
mi sonrisa es un disfraz
Que eu já nem preciso
que yo ya ni necesito



4 comentarios:

Makeda dijo...

jo! tengo qué ir a youtube a escucharlo...pero leí y me gusta. Un beso..¿francés? jaja.

emmagunst dijo...

en mi próxima vida espero ser varón...así que en esa vida te cruzaré! en esta, me gustan ellos, así que lo del beso francés...para la próxima, si? :)

NINA dijo...

Jijijiji...

Me dieron risita los comentarios...

Medio tristona la canción, no? Me hubiera gustado que terminara con un "igual, te amo" o algo así.

Besos sin lengua. A mi también me gustan los ellos.

emmagunst dijo...

si, entre Makeda y Nina...la verdad...dos personajes de los que ya no hay, están modificando mis chakras, pero vamos bien, vamos bien...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...